A queda do muro

Publicado em 

A queda do muro

Esta exposição é uma grande estreia. Retrata a queda do regime da Alemanha Oriental, desde as primeiras dissensões à reunificação das duas Alemanhas.

Em 10 de novembro de 1989, quando o mundo acordou, o Muro de Berlim havia caído durante a noite. O comunismo colapsa no Oriente e Mstislav Rostropovich improvisa em Checkpoint Charlie as suítes de Bach porque “Bach é Deus”. Dos primeiros dissidentes, como Robert Havemann e Wolf Biermann, até as grandes manifestações em Leipzig, esta retrospectiva mostra, em palavras e imagens, cada etapa, pequena ou grande, que levou à queda do comunismo nos países do Oriente. Coloca em perspectiva a Berlim Ocidental da época, sua contracultura, seus movimentos punk e freak. Note-se que a exposição ocorre na antiga parte leste da cidade, no pátio da antiga Stasi.

Revolution und Mauerfall
Stasi-Zentrale
Ruschestraße 103
10365 Berlin-Lichtenberg
De 17 de junho de 2016 a 6 de novembro de 2019

www.revolution89.de

Entrada gratuita