Culinária vegetal e buffet de nova geração no Polichinelle

buffet - vegetariano
Culinária vegetal e buffet de nova geração no Polichinelle

Com uma abordagem ecorresponsável, Christophe Michalak e Steve Burggraf abriram o Polichinelle, propondo uma maneira de reinventar os buffets e a gastronomia vegetariana à moda francesa.

É quase como se o estabelecimento ficasse escondido no labirinto de ruas modernas do bairro de Beaugrenelle, e procurá-lo pode parecer uma brincadeira de caça ao tesouro. Para encontrá-lo, o jeito mais fácil é identificar a fachada azulada do YOOMA Urban Lodge, em frente ao Sena e à Île aux Cygnes. O restaurante Polichinelle, conduzido por Christophe Michalak, Steve Burggraf e Alexandre Marchon, foi instalado no térreo do hotel construído em colaboração com Daniel Buren.

No imenso salão, que lembra os refeitórios de hotéis elegantes, o legume é rei. Aqui nem carne nem peixe são servidos. Os chefs respeitam uma abordagem ecorresponsável: cardápio da estação, produtos orgânicos ou da agricultura racional, majoritariamente oriundos da Île-de-France ou mesmo da horta na cobertura do YOOMA. Com seu buffet, o Polichinelle evoca uma cantina luxuosa e enobrece pratos de legumes tendo em vista as iguarias propostas: abóbora Pattypan lacada ao miso e pêssego assado sobre caviar de berinjela, tomate recheado com legumes ao molho de agrião, torta de metro com tomate-cereja confitado por cima, abobrinha e figo assado... Porém, atenção, o buffet à vontade só está disponível na hora do jantar.

Polichinelle
51/53, quai de Grenelle
(Térreo do hotel YOOMA Urban Lodge)
75015 Paris

Fone: +33 (0)1 87 44 69 14

https://www.facebook.com/Polichinelle.Paris/

Menu: fórmula a partir de 23 EUR