Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Publicado em 

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Como a França não se resume às belezas de sua capital, confira aqui nossas sugestões para conhecer outros aspectos do país. Com a Air France, em menos de duas horas você chega ao destino escolhido.

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Escapada chique: Saint-Tropez, a estrela

A menos de uma hora e meia de Toulon, a passagem pela pequena cidade portuária icônica dos anos 1960 é imperdível. Guarida da Paris mundana e da alta sociedade durante o verão, na baixa temporada se transforma em um refúgio aprazível, quando as ruelas e praias, livres de multidões, retomam seu charme habitual. Explore a feira da praça Place des Lices, os terraços do porto (como o do famoso Café Sénéquier, reconhecível pela cor vermelha) de frente para os esplêndidos iates, e as praias de Pampelonne com restaurantes que permitem degustar sua sobremesa à beira-d'água... Pronto, você está de férias! Para um passeio mais selvagem, siga os percursos de trilha no caminho do litoral. A vista é de tirar o fôlego.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Gastronomia: conhecer um autêntico “bouchon” de Lyon

Na terra do grande chef estrelado Paul Bocuse, deixe-se levar por uma escapada culinária na mais pura tradição francesa. Em um primeiro momento, explore o Halles de Lyon para identificar melhor os produtos. Único, esse mercado reúne as melhores especialidades regionais e acolhe alguns dos fornecedores do chef Bocuse (os queijos da Mère Richard ou do Maréchal, os peixes da Pupier e a charcutaria da Colette Sibilia). Essas maravilhas abrem o apetite, então você acabará como todos os apaixonados por gastronomia do mundo inteiro: indo até um “bouchon” de Lyon (restaurante típico). Sim, mas não se trata de qualquer um: o que nós recomendamos é dirigido por mulheres, como na época das “Mães de Lyon”. Degustar sobre uma toalha xadrez um “pot-au-feu” com legumes frescos, ou a famosa “quenelle de brochet” com molho Nantua, é uma experiência das mais insólitas.

Les Halles de Lyon - Paul Bocuse
102, cours Lafayette
69003 Lyon
Fone: +33 (0)4 78 62 39 33
www.halles-de-lyon-paulbocuse.com

Le Bouchon des Filles
20, rue Sergent Blandan
69001 Lyon
Fone: +33 (0)4 78 30 40 44
facebook.com/pages/Le-Bouchon-des-Filles

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Descoberta: a Promenade des Anglais

Nice é a porta de entrada da Côte d'Azur, a Riviera Francesa, onde cinema é um assunto popular. Desde sempre, a avenida Promenade des Anglais segue o ritmo dos moradores, da prática de esportes ao ócio nas famosas cadeiras azuis. Uma praia na cidade proporciona o sentimento de férias o ano inteiro. A vista do mar acalma e, com os olhos mergulhados no horizonte, os habitantes de Nice gostam de vir se revigorar regularmente. Aproveite para percorrer os sete quilômetros da “Prom'”, encenando “La Baie des Anges” (“A Baía dos Anjos”), filme dirigido aqui por Jacques Demy em 1963. Você passará em frente aos primeiros hotéis de luxo, como o Royal ou o Negresco, antes de conhecer o bairro histórico com o famoso mercado de flores. Para terminar seu périplo, direção a Cannes, onde a cada ano as maiores estrelas do cinema sobem os degraus do Palácio dos Festivais.

Hôtel le Royal
23, Promenade des Anglais
06000 Nice
www.hotel-leroyal-nice.com

Hôtel Negresco
37, promenade des Anglais
06000 Nice
www.hotel-negresco-nice.com

Marché aux Fleurs
Cours Saleya
06300 Nice

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Em plena natureza: as Calanques de Sormiou

De Marselha é preciso pegar uma estrada que serpenteia ao longo da paisagem natural e desce quase até o mar. Graças à vista magnífica, as rochas e o maqui selvagem, você será transportado diretamente para as páginas de um romance de Marcel Pagnol. Por trás dessa aridez, entre rocha branca e vegetação um tanto bravia, a suavidade da água azul-turquesa vai se revelando aos poucos. Diante desse espetáculo transcendente, a vontade de mergulhar será incontestável; porém, se não tiver trazido roupa de banho, fique ao menos para o piquenique chique que você terá pensado em preparar. Chegando a Sormiou, ande até a praia e, em meio às pequenas cabanas de pescadores, encontre o seu lugar ao sol. Mágico!

Calanques de Sormiou
Sormiou Marsiglia
13008 Marseille
www.sormiou.fr

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Mudança de cenário: a Ilha da Beleza

Parta descobrir a Córsega, um território selvagem e esplêndido dividido entre mar e montanha. Já ao chegar, encha seus pulmões com os aromas de ervas e maqui e admire os magníficos vilarejos no alto. Em Calvi, confira o panorama de 360 graus oferecido pela cidadela sobre as colinas de Balagne e a baía, onde as montanhas, ao longe, vêm mergulhar no mar. Você também poderá visitar a bela cidadezinha de Lumio, refúgio da atriz francesa Lætitia Casta… outra beleza por assim dizer.
Ao sul da ilha, aconselha-se fazer uma parada no sítio arqueológico de Cauria, que desfruta de um impressionante conjunto de menires e dólmenes. A uma curta distância de lá, não deixe de aproveitar os banhos termais do Bains de Caldane.

Citadelle de Calvi
Haute ville
20260 Calvi

Site de Cauria
Plateau de Cauria
20100 Sartène

Bains de Caldane
20112 Sainte-Lucie-de-Tallano

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Montanha: observar o Mont-Blanc de Megève

Megève é uma estação de esqui charmosa com chalés encantadores, caleches que percorrem os vilarejos como no século passado, e lojas de luxo, onde a estadia é agradável durante o ano todo. Na área esquiável, é possível se divertir tanto no inverno, esquiando, quanto no verão, jogando golfe. Os adeptos de trilha e jogadores de golfe se entrecruzam com frequência em torno dos lagos, em uma paisagem de cartão-postal. Seja qual for a estação do ano, esse pequeno passeio na montanha proporciona uma mudança de cenário inigualável, graças ao Mont-Blanc e seus braços abertos. Como ele domina o vale, suba um pouco para observá-lo. Chegando no alto com o teleférico de Jaillet, acomode-se no refúgio batizado de “Face au Mont-Blanc” (“Perante o Mont-Blanc”), restaurante em um chalé autêntico cuja vista do cume é deslumbrante. No verão, a piscina aberta é propícia para um banho em frente às montanhas ensolaradas. Um momento de puro prazer!

Face au Mont-Blanc
7310, route du Jaillet
74120 Megève
Fone: +33 (0)4 50 21 06 51
face-au-mont-blanc.com

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Vilarejos e tradições: a rota dos vinhos da Alsácia

De Estrasburgo, onde você terá admirado a catedral, obra-prima da arte gótica, venha descobrir vilarejos típicos da Alsácia e vinhedos tombados como Patrimônio da Humanidade nessa magnífica região. De Colmar, a capital dos vinhos da Alsácia, a Obernai, passando por Riquewihr, um dos mais belos lugarejos da França, você ficará encantado com a autenticidade das casas em enxaimel, ornadas de flores nas janelas. Como casinhas de boneca alinhadas, as fachadas conservaram o charme de outrora e proporcionam uma verdadeira viagem no tempo. Ao longo da rota de vinhos, vivencie uma experiência saborosa visitando os produtores: cada encontro é uma oportunidade para degustar as riquezas dessa região excepcional.

www.route-des-vins-alsace.com

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Enoturismo: milhares de “millésimes”

Pétrus, Margaux, Haut-Brion, Cheval Blanc, Latour, Mouton-Rothschild… Os grandes vinhos de Bordeaux encantam mundo afora. Desse município do sudoeste francês é fácil percorrer os vinhedos e conhecer os castelos onde essas ilustres denominações são engarrafadas. Não deixe de ir ao encontro dos viticultores: eles dividirão com você a paixão que nutrem e explicarão, da vinha ao chai, os processos de elaboração do precioso néctar, antes de passar à degustação ao término da visita. Mas, se tiver somente poucas horas pela frente, melhor explorar a Cité du Vin. Você saberá tudo sobre essa divina bebida, da origem à atualidade, em um percurso livre pontuado por 20 espaços temáticos. Termine no Belvédère – um espaço excepcional situado no 8° andar com vista para a cidade, o rio e os vinhedos dos arredores – degustando bons “crus” e levando para casa os preferidos de seu paladar.

Cité du Vin
134, quai de Bacalan
33300 Bordeaux
Fone: +33 (0)5 56 16 20 20
www.laciteduvin.com

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Arquitetura: a Cour Carrée do Louvre

Aqui você encontrará parisienses que atravessam o pátio como um atalho, ou apaixonados por fotografia, já que as mais belas obras nem sempre estão na parte de dentro dos museus. Uma prova disso é a esplêndida fachada Renaissance da Cour Carrée, a mais antiga do Louvre. O responsável por esse tesouro é Francisco I, que encarregou os arquitetos Pierre Lescot e Jean Goujon de construí-la em 1546. Para sentir a beleza dessa criação majestosa, venha contemplá-la ao cair da noite, quando os quadriláteros com cerca de 160 metros de lateral se iluminam e adquirem outra dimensão. Para um espetáculo deslumbrante, entre pelo átrio sul vindo da Pont des Arts e pare no centro do pátio a fim de admirar a pirâmide de vidro. Na hora do pôr do sol, quando ele estiver na altura da ponta do famoso tetraedro, provavelmente você irá tirar a foto mais linda de suas lembranças parisienses.

Palais du Louvre
75001 Paris
Fone: +33 (0)1 40 20 50 50
www.louvre.fr

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Diário de viagem: dez lugares para inspirar sua estadia francesa

Insólito: um jardim de pintor em Montmartre

Paris é um quebra-cabeças cujas peças são vilarejos internos. O mais alto deles é o de Montmartre, onde as vinhas ainda crescem, os paralelepípedos resistem e os artistas sempre preferiram se abrigar. Perdendo-se por entre suas ruelas, como não ser cativado pelas casas típicas e os ateliês de pintores, as escadas tradicionais e seus lampadários? Além de conferir na praça Place du Tertre os caricaturistas mundialmente famosos, o convidamos a conhecer um dos mais belos segredos do local. Dirija-se ao Museu Montmartre para descobrir não somente a exposição temporária apresentada, mas também o prédio mais antigo da colina, construído no século XVII. Chamado de Maison du Bel Air, foi ateliê de Auguste Renoir, Suzanne Valadon, Émile Bernard e Raoul Dufy. Você será transportado de volta aos anos 1880 com a maior facilidade. Durante sua pausa onírica nos jardins que circundam o museu e dominam as vinhas, você poderá imaginar Renoir pintando “O Baile no Moulin de la Galette”, “O Jardim da Rua Cortot” ou “O Balanço”.Inclusive, esse balanço ainda se encontra no mesmo lugar, um século e meio depois.

Musée de Montmartre
12, rue Cortot
75018 Paris.
Fone: +33 (0)1 49 25 89 39
www.museedemontmartre.fr