Instituto Tomie Ohtake, (quase) uma casa de família

arte e cultura
Instituto Tomie Ohtake, (quase) uma casa de família

Tomie Ohtake é uma das maiores artistas brasileiras. Ela encarna esta sociedade paulistana cosmopolita que é a essência do Brasil contemporâneo.

Esta mulher era extraordinária! "O trabalho sempre faz bem", dizia ela ao preparar a exposição de seu centenário. Nascida em Kyoto em 1913, Tome Ohtake faleceu em São Paulo em 2015. Ela começa a pintar quando tinha cerca de 40 anos de idade. Ela passa progressivamente de uma arte figurativa de paisagens e naturezas mortes e de retratos para a abstração, a geometria, trabalhando com cores primárias, principalmente o vermelho e o amarelo, que simbolizam seus dois países. É seu filho Ruy Ohtake que imaginou a estrutura azul e malva do centro que leva seu nome, e é um outro filho seu, Ricardo Ohtake, que o dirige.

Você descobrirá ali suas pinturas e suas riquezas. Você descobrirá que ela criou esculturas monumentais para a cidade de São Paulo. Você poderá vê-las principalmente nas Avenidas 23 de Maio e Paulista. Paralelamente ao seu trabalho que se desenvolve há mais de 60 anos, são organizadas também exposições temporárias.

Instituto Tomie Ohtake
Av. Brg. Faria Lima, 201                                                                                                                                                                                                  Pinheiros                                                                                                                                                                                                                          São Paulo 05426-100

Fone: +55 (0)11 2245 1900

www.institutotomieohtake.org.br