Os 5 cantos mais insólitos de Paris

Publicado em 

Os 5 cantos mais insólitos de Paris

Além da Torre Eiffel, o Arco do Triunfo e o Louvre, Paris caracteriza-se por seus cantos secretos e insólitos. Nós revelaremos cinco, apenas para você!

Os 5 cantos mais insólitos de Paris

Meditação no Jardim do Panteão Budista

Para uma viagem à Terra do Sol Nascente no coração de Paris, o destino é o 16º distrito, onde você pousa no jardim mais zen da cidade. Bem escondido, pouco conhecido, está ao lado do museu Guimet, o Museu Nacional de Artes Asiáticas, desde o século XIX. Bambus gigantes e bacias, uma pequena ponte de madeira atravessando um riacho, estátuas de Buda espalhadas aqui e acolá, tudo é feito para uma mudança total de cena, longe do tumulto da vida parisiense. À hora do chá, participe de uma cerimônia autêntica, verdadeira arte no Japão. Este lugar sereno leva você à descoberta da cultura japonesa através dos 250 objetos que se encontram nas galerias do panteão budista.

Jardim do Panteão Budista
19, avenue d'Iéna
75016 Paris

www.guimet.fr

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Os 5 cantos mais insólitos de Paris

O Bar mais secreto de Paris

Um segredo sabiamente mantido pelos frequentadores assíduos e pelo dono que, durante 20 anos, se comunica a conta-gotas sobre seu estabelecimento. Portanto, não espere ter uma ideia do bar antes de ir, você não saberá muita coisa sobre ele. Com seu nome simples, totalmente modesto, “Le Bar” manteve o charme do passado, discreto e sóbrio – pelo menos no que diz respeito à fachada exterior, porque o interior é muito diferente. Uma atmosfera misteriosa, uma meia-luz intimista gerada por luzes suaves, e aqui está você no círculo bastante restrito do Le Bar. Em uma decoração com toques ligeiramente orientais, sente-se nos bancos de veludo e escolha a sua bebida entre os diferentes coquetéis do menu, desde os clássicos até os mais originais. A seu pedido, o dono também pode preparar uma deliciosa bebida para você de acordo com seu humor do momento.

Le Bar
27, rue de Condé
75006 Paris
Fone: +33 (0)1 43 29 06 61

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Os 5 cantos mais insólitos de Paris

Charmosas e pequeninas ruas insólitas 

Comece seu passeio pelas ruas mais secretas de Paris no 12º distrito, Passage du Chantier, uma rua comercial que costumava abrigar carpinteiros e marceneiros. Ainda hoje, você pode ver artesãos de madeira e vendedores de móveis que preservaram os sinais das lojinhas antigas. Nostálgico, você percorrerá suas exposições dedicadas ao artesanato.
Não muito longe daqui, vá em direção à rue Crémieux, uma das mais belas de Paris. Com o seu encanto bucólico, seduz por suas fachadas com múltiplas cores pastel, decorações de parede com várias formas florais e seus afrescos de ilusão de ótica. Finalmente, a rue Mouffetard no 5º distrito, inalterada por mais de 2 mil anos, abunda em pequenos pátios interiores. Como parte de uma das muitas inspirações de Victor Hugo para seu romance “Os miseráveis”, contém mais de um mistério. Empurre a porta de número 52, você descobrirá uma passagem secreta.

Passage du Chantier
75012 Paris

Rue Crémieux
75012 Paris

Rue Mouffetard
75005 Paris

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Os 5 cantos mais insólitos de Paris

À conquista das Linhas Fantasmas

Uma curta viagem subterrânea até as estações de metro esquecidas, é o que propõe a ADEMAS, a associação responsável pela preservação e restauração do metrô de Paris. As excursões guiadas de meio dia são regularmente organizadas, onde você pode descobrir a história do metrô, além de partes insólitas, como conexões de estações fantasma... Elas foram fechadas durante a Segunda Guerra Mundial e nunca foram recolocadas em serviço, por exemplo, as estações Arsenal, Porte des Lilas, Saint-Martin, Croix-Rouge ou Champ-de-Mars. Outras foram construídas, mas nunca tiveram acesso à via pública ou foram atendidos por uma linha de metrô, como as estações de Porte Molitor ou Haxo. Para visitas mais clássicas, a RATP (Régie Autonome des Transports Parisiens) organiza rotas que permitem descobrir o posto de comando centralizado da linha 1 ou descer 20 metros na direção do tunelamento da 12...

ADEMAS (Association d'exploitation du matériel Sprague)
15, rue Erlanger75016 Paris

ademas.assoc.free.fr

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Os 5 cantos mais insólitos de Paris

O pequeno cinto, um paraíso para artistas de graffiti 

Vestígio de uma antiga via férrea em Paris que data do século XIXe que servia anteriormente ao transporte de passageiros e mercadoria, o pequeno cinto é agora o local de artistas de graffiti e street art. Aqui, a vegetação recuperou seus direitos. Selvagem, abrange algumas partes da ferrovia. Aqui, esqueça a algazarra do barulho das ruas que invade a cidade. Passeie pelos trilhos em busca de tags ou afrescos que ocupam grande parte das paredes em ruínas.
Um trecho no 12º distrito, com um caminho natural de 200 metros de extensão e um jardim compartilhado, é acessível a partir do número 21 da rue de Rottembourg. Desde 2013, parte do pequeno cinto do 15º distrito também está aberto ao público, entre a Place Balard e a rue Olivier de Serres. A entrada está localizada no número 99, rue Olivier de Serres, com quase 1,5 km de extensão. O último trecho livremente acessível está no 13º distrito. O acesso é feito pelo número 60 da rue Damesme e vai do jardim Charles Trenet ao jardim Moulin de la Pointe.

La-petite-ceinture