Os menires antropomórficos de Filitosa

monumento
Os menires antropomórficos de Filitosa

Visite Filitosa, um dos principais sítios da pré-história córsica, listado como Patrimônio Mundial pela UNESCO graças às suas estátuas-menires tão espetaculares.

Desde o quarto milênio antes de nossa era, os famosos menires antropomórficos são erguidos no sítio de Filitosa, no coração do território córsico. Essas pedras talhadas na rocha granítica evocam ritos religiosos ainda desconhecidos atualmente e sua função continua, em grande parte, um mistério. O que se sabe é que em 1.200 a.C., esses monumentos megalíticos foram retrabalhados por artistas, que acrescentaram punhais, capacetes, armaduras e espadas.

Passeie entre esses homens de pedra e, como o enigma permanece, dê asas à sua imaginação. Verdadeiro museu a céu aberto, o sítio é considerado o maior centro de arte estatuária córsica e o mais magnífico do Mediterrâneo.

Sua descoberta, em 1946, se dá a Charles-Antoine Cesari. 20 anos se passaram até que o arqueólogo e pesquisador do CNRS (França) Roger Grosjean começasse as incansáveis buscas por rastros de alguma antiga civilização.

Site de Filitosa
Filitosa
D.57
Sollacaro

Fone: +33 (0)4 95 74 00 91

www.filitosa.fr/en/