Montpellier, a doçura da vida mediterrânea

Luminosa e amigável, Montpellier vive no ritmo de seus mercados, seus terraços e do sotaque musical de seus habitantes.

Cidade do sul, na extremidade da Provence, acariciada por uma leve brisa carregada dos ares marinhos e de uma vegetação aquecida pelo sol, Montpellier é a cidade de todos os contrastes: orgulhosa de seus milhares de anos de história, concreta em cada canto das ruelas medievais que a percorrem, ela também é voltada para o futuro, uma vez que ela permite que Christian Lacroix coloque cores em seus tramways, e que Jean Nouvel e Philippe Starck redesenhem sua arquitetura. Ela parece, assim, hesitar entre patrimônio histórico e modernidade...

Outro de seus dilemas que se faz sentir: a qual chamado responder? Da orla e do mar tão próximos, cercado tanto por praias selvagens e pitorescas quanto por balneários mais animados, sem esquecer as salinas e as lagoas de Camargue de onde vem um ar deliciosamente salgado? Ou o da montanha que nunca está tão longe, das encostas ensolaradas nas quais se estendem os vinhedos do Languedoc, e do Pico Saint-Loup, sentinela orgulhosamente erguido...?

E se tudo isso não fosse uma questão de dilema, e sim de equilíbrio e de combinações? Sim, é exatamente isso, Montpellier é uma cidade de fusão, assim como seu bairro de Antigone, uma reinterpretação moderna de uma herança antiga. Ou ainda de sua gastronomia que, como nenhuma outra, combina os produtos da terra com os do mar em receitas elaboradíssimas...

À sombra dos plátanos que cercam a praça de Canourgue ou das "circulades" do bairro histórico de Écusson, embalada pelo murmúrio de uma das centenas de fontes da cidade e pelo sotaque musical de seus habitantes, animada pelo alegre bazar do mercado dos Arcos, deixe-se tomar pelo espírito da cidade: livre, apaixonado, amigável. Também festiva, cheia de energia que emana de seus numerosos estudantes e pelo vinho regional que aquece os corações. É a síntese do espírito do Sul...

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
restaurante bar adega

V. Restaurant, a combinação perfeita

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
gastronomia estrelada luxo

Réserve Rimbaud, uma escapada estrelada sobre as águas

Show de imagens

Nosso álbum de fotografias de Montpellier e Perpinhã

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
imperdível

Praça Jean-Jaurès, o "point" da cidade

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
hotel com charme

Place de la Canourgue, o jardim das delícias

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
arte e cultura

Ópera Berlioz-Le Corum, a cultura e os negócios reunidos em um espaço único

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
museu

Museu Fabre, santuário da criação artística, entre patrimônio e modernidade

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
hotel com charme

Les Templiers d'Aigues-Mortes, um cenário de belezas vegetais e minerais

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
restaurante descolado

Les Bains de Montpellier, um oásis no coração de Montpellier

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
bistronomia

Le Petit Jardin: o charme da bistronomia

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
imperdível

La promenade du Peyrou: Montpelier a perder de vista

Clique aqui para adicionar o artigo ao seu diário de viagem pessoal ou para anular a sua seleção.
explorar atividade insólita

Jardin des Plantes, calma e exuberância no coração da cidade

Esses destinos
podem interessá-lo

Partindo de :